Entenda o que é Internet de Comportamentos e qual sua importância!

3 minutos para ler

As relações entre empresas e clientes mudaram consideravelmente nos últimos anos. A necessidade de maior proximidade e personalização de contato e relacionamento com o público faz com que o desenvolvimento tecnológico continue caminhando para potencializar essas questões.

Uma das grandes tendências do Gartner para 2021, dentro dessa área, é a Internet de Comportamentos. Você sabe o que é isso? Vamos falar mais sobre esse conceito e ver como ele vai mudar o seu contato com o cliente, neste post. Boa leitura!

O que é Internet de Comportamentos?

Na Internet de Comportamentos (em inglês, Internet of Behaviors — IoB), há uma busca por compreender os comportamentos dos usuários por meio dos rastros digitais que são utilizados durante a navegação, o que permite predizer tendências, ações e interesses, entre outras questões importantes.

Isso é feito por meio da captura de algumas informações, tais como:

  • geolocalização;
  • dados de navegação (capturados por cookies, por exemplo);
  • interações com outros usuários;
  • reconhecimento facial.

A análise desses dados é feita utilizando a inteligência artificial, o que permite uma leitura das informações mais precisa e ágil, bem como já orientando as melhores ações para captar a ação daquele consumidor, potencializando um melhor atendimento e maior retenção.

Qual é o objetivo da Internet de Comportamentos?

A Internet de Comportamentos permite que seja possível prever e, até mesmo, influenciar comportamentos e decisões dos potenciais clientes. Isso ocorre, justamente, porque quanto mais eles geram dados — e eles são captados e analisados —, mais facilmente é possível compreender tendências e padrões.

E-book Cultura Data DrivenPowered by Rock Convert

Com isso, a tendência é que as empresas invistam cada vez mais em soluções que permitam a análise de comportamento do consumidor. Isso está profundamente alinhado com a ideia de trazer as pessoas para o centro dos negócios, mapeando o perfil do público-alvo.

Em linhas gerais, trata-se de um modelo de internet que visa capturar, analisar e entender, bem como oferecer respostas para todos os comportamentos humanos, por meio das inovações tecnológicas, como o aprendizado de máquina (Machine Learning) e aprendizado profundo (Deep Learning).

Isso permite às empresas agirem não só de forma descritiva, mas de forma proativa, influenciando o usuário para obter um determinado resultado.

Como aplicá-la no seu negócio?

Mas, afinal, como trazer a Internet de Comportamentos para o seu negócio? Veja, a seguir, algumas dicas:

  • traga a Experiência do Cliente (CX) para o centro dos processos;
  • pense nos pontos de contato do seu cliente;
  • use processos de gamificação;
  • traga o envolvimento do utilizador, para que mais dados sejam gerados e torne-se possível conhecer melhor o perfil dele;
  • use ferramentas importantes, como plataformas de suporte multi-formato, que sejam compatíveis com diferentes APIs (como as do Facebook, Twitter, Google etc.);
  • use plataformas que permitam personalização multicanal;
  • atente-se para estar em consonância com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) no Brasil, e também com as legislações internacionais (como a GDPR, na Europa, e a CCPA, na Califórnia).

A Internet de Comportamentos é o futuro para as empresas. Por isso, aquelas que começarem a investir nisso agora terão mais sucesso no futuro. Não deixe de estar atento a essas questões e faça as mudanças necessárias para a sua empresa.

Ficou com alguma dúvida sobre o tema? Mande-a nos comentários e responderemos a você!

Você também pode gostar

Deixe um comentário