Liderança feminina: descubra a importância de mulheres em cargos de gestão

6 minutos para ler

Qual é a primeira ideia que passa pela sua cabeça ao falarem sobre liderança? Talvez você pense que esta pessoa deva transmitir confiança, força, inspiração, cuidado e ser um exemplo quando o assunto é empatia. São muitas características que poderíamos citar aqui, mas ao imaginar esta figura, a imagem que passa pela sua mente é a de uma líder mulher?

Foi a rainha do varejo e atual presidente da Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, que disse em uma palestra que “liderança é levar as pessoas mais longe do que elas pensam que podem ir” – uma bela forma de definir como muitas mulheres vem gerindo suas equipes.

Por mais que não faltem vantagens em contar com uma liderança feminina na empresa, quando o assunto é ocupação em cargos mais altos elas ainda são minoria. No Brasil, elas ocupavam apenas 37,4% dos cargos gerenciais e recebiam apenas 77,7% do rendimento dos homens em 2019, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em contrapartida aos dados apresentados, nos orgulhamos em dizer que na Datum as mulheres ocupam 100% dos cargos de liderança do time corporativo. Elas vêm dando um show ao inspirarem suas equipes e aos guiarem em uma jornada de desenvolvimento e evolução.

Pensando em trazer mais da trajetória das líderes datunianas, convidamos a Account Executive, Lizandra Ustra, e a Talent Acquisition Leader, Esther Lazarotti, para contarem mais sobre suas percepções sobre mulheres na gestão e as suas experiências no planeta roxo.

“O líder de verdade quer deixar 10 pessoas no lugar dele. Ele não tem medo de sair da sua cadeira e deixá-la. Ele deve saber delegar funções.”

Lizandra Ustra, 45, é Pós-Graduanda em Coaching e possui mais de quinze anos de experiência como gestora de equipes. A datuniana que foi abduzida pelo planeta roxo há 10 meses diz que já atuou em diferentes áreas durante a sua vida profissional atendendo grandes clientes e acredita que a principal missão de um gestor está em desenvolver seus liderados.

Em um bate-papo através de uma videochamada, a gestora falou sobre a importância de obter um olhar clínico para as peculiaridades de cada pessoa da equipe com o objetivo de nutrir relações saudáveis e as direcionar para um caminho de desenvolvimento.

– Eu gosto de pensar que liderar é sobre se tornar uma referência no que tu faz para que outras pessoas também venham a fazer o seu melhor – explica.

Esther Lazarotti, 34, possui mais de doze anos de experiência na área de Recursos Humanos e conta com especializações em diferentes áreas, passando por Direito Trabalhista, Neuropsicologia entre outras.  A Talent Acquisition Leader, reforça a importância de exercitar a empatia ao liderar uma equipe.

– Penso que a gente sempre aprende com os outros, pois cada pessoa tem uma experiência de vida diferente. Exercitar a paciência junto com a empatia é a resposta para ter boa gestão, pois nessa área as coisas mudam muito rápido – complementa.

A profissional, que nos últimos cinco anos dividiu seu tempo entre ministrar aulas para estudantes de Recursos Humanos e Administração de Empresas, mencionou a união como a peça-chave para que uma equipe funcione e cresça junto.

– Eu também acredito em um trabalho de equipe forte, não são 5 liderados e sim uma equipe. Nosso diferencial é a união, onde todos são iguais e confiam uns nos outros – contextualiza.

Principais recompensas ao gerir uma equipe

Ferramentas Gratuitas para facilitar a rotinaPowered by Rock Convert

Quando questionadas sobre os momentos mais recompensadores em ocuparem cargos mais estratégicos, Lizandra menciona a riqueza em poder acompanhar o resultado através das pessoas.

– Acompanhar o crescimento do time e do próprio negócio é muito bacana. Trazer grandes resultados, como por exemplo aqui na Datum, na conquista de grandes clientes é muito especial e saber que tem pessoas que acreditam em você, é muito importante – afirma.

A evolução das pessoas ao conquistar maior autonomia e proatividade é outro ponto mencionado por Esther, que acredita ser uma das partes mais especiais deste processo.

– Eu consigo enxergar a diferença e a evolução de cada um (dos liderados) nesses 4 meses que estamos formando uma nova equipe de Talent Acquisition na Datum. Construímos uma história juntos e por menor que seja, eu tenho um papel nisso, para ajudá-los a conquistar a sua segurança – relata.

Principais características da liderança feminina

Para Lizandra a gestão feminina é marcada pela humanização e por zelo extra. Segundo ela, existem muitos benefícios em ter uma líder mulher no time, sendo desde a escuta atenta a seus liderados, até o cuidado no enfrentamento de desafios.

Esther complementa inserindo o dinamismo da mulher como uma característica importante que acredita fazer parte da liderança feminina. “A mulher também é mais guerreira, ela é persistente e se reinventa mais fácil. Quando ela tem um foco, ela não desiste”.

Podemos citar diferentes vantagens quando falamos sobre a presença de mulheres em cargos de lideranças e ultrapassar seus concorrentes é uma delas. De acordo com um estudo realizado pela consultoria McKinsey, organizações que contam com equipes executivas com equidade de gênero têm 14% mais chances de avançar a performance dos concorrentes.

Principais diferenças ao liderar na Datum

Após conhecer mais sobre a trajetória profissional das duas profissionais, ficamos curiosos para entender por que elas haviam escolhido a Datum para que pudessem atuar gerindo e encantando equipes.

– É uma empresa que realmente se preocupa com os funcionários, um exemplo disso é termos encontros quinzenais com uma psicóloga e nutricionista para falar sobre saúde mental e física. Temos diferentes treinamentos, somos praticamente empreendedores, sem falar na troca com os outros colaboradores graças a cultura horizontal da empresa – relata Lizandra.

Para Esther a liberdade é um grande diferencial, sentido por todos os habitantes do planeta roxo. A Datum aposta em uma cultura que instiga a autonomia de todos os datunian@s para se tornarem protagonistas das próprias histórias.

– A liberdade que existe na Datum é única, não existe em nenhum outro lugar. Esta cultura permite que você coloque o seu jeito na hora de fazer as coisas. Eu costumo dizer que assim como a Datum acredita na gente, a gente precisa acreditar na Datum para dar certo – explica, Esther.

Na Datum acreditamos na força que a diversidade tem para a construção de um ambiente de trabalho com maior diversidade cultural, ideias inovadoras e autonomia.

Pensando em trazer mais pluralidade para o planeta roxo disponibilizamos um Banco de Vagas Afirmativas destinada a pessoas pretas, indígenas, LGBTQIA+ e mulheres.  Se inscreva em nosso banco de talentos e venha fazer parte do planeta roxo. Estamos empolgados com a sua chegada!

Você também pode gostar

Deixe um comentário