O que são as startups unicórnio? Entenda aqui

4 minutos para ler

Unicórnios são seres fictícios mágicos e raros, representando pureza e força. Por isso, chamam tanto a atenção no universo ficcional, pois são incríveis e encantadores.

No mundo dos negócios, não é diferente. Em 2013, foi criado o termo “startup unicórnio”, que, no início, fazia uma alusão a 39 empresas que tinham valorização acima de US$ 1 bilhão.

Todo empreendedor quer que sua empresa se torne uma startup unicórnio, ainda que não conheça o termo propriamente dito. Quer saber mais sobre o tema e como elas funcionam? Saiba tudo, neste post!

O que são as startups unicórnios?

No início, o termo era restrito ao mundo da TI. Os especialistas utilizavam o conceito para falar sobre as empresas de software que surgiram após 2003 e que, hoje, possuem valor superior a US$ 1 bilhão.

Com a evolução das startups em diversas áreas, o termo passou a representar aquelas empresas que alcançaram uma valorização rápida, chegando a um capital de valorização também acima de US$ 1 bilhão.

As startups unicórnios, portanto, são aquelas que conseguem um crescimento exponencialmente rápido, em pouco tempo. Algumas questões que fazem parte do seu funcionamento são:

E-book Cultura Data DrivenPowered by Rock Convert
  • aumento do valor de mercado por meio do IPO (Initial Public Offering);
  • presença de investidores anjo, que auxiliam no processo de crescimento;
  • modelo de negócio escalável;
  • flexibilidade nas ações internas;
  • presença de parceiros importantes na área de tecnologia.

Quais são as características das startups unicórnios?

Mas afinal, o que as startups unicórnios têm em comum? Claro que cada uma alcançou o sucesso de determinada forma — e é importante ter noção disso.

Porém, podemos encontrar alguns pontos em comum que podem servir de referência para você adotar em sua startup e aumentar as chances de ela ser bem-sucedida. Algumas dessas características são:

  • inovação disruptiva — todas elas trazem algo que era uma demanda de mercado, com uma ótica que não havia sido pensada antes. Por exemplo, o Airbnb trouxe uma solução para quem tinha imóveis vagos por determinado período, e não tinha interesse em realizar contratos longos para locação;
  • pioneirismo em sua área — ainda que outras empresas semelhantes apareçam e ganhem espaço, as startups foram as primeiras a oferecerem essas soluções;
  • alinhamento com o momento tecnológico atual — se o mercado está voltado para o desenvolvimento de apps, as startups unicórnios estão alinhadas, trazendo isso em seu core business ou como apoio para a solução. Por exemplo, muitas fintechs oferecerem serviços financeiros virtuais, com suporte de app mobile;
  • experiência do cliente diferenciada — são encantadoras justamente porque direcionam seus esforços para que o cliente possa ter a melhor experiência, desde o primeiro contato até o pós-venda.

Quais são os principais exemplos de startup unicórnio?

Com certeza, você conhece muitas startups unicórnios. Muitas delas, inclusive, fazem parte do seu cotidiano e de sua vida pessoal.

A seguir, veja quais são as principais startups unicórnios que alcançaram sucesso rapidamente e são bem-sucedidas:

  • Quinto Andar;
  • C6 Bank;
  • 99;
  • PagSeguro.

Como vimos, transformar o seu negócio em uma startup unicórnio exige trabalho, mas é possível. Trilhando a trajetória correta, sua empresa pode se destacar na sua área de atuação e ter sucesso. Por isso, analise se ela apresenta as características que listamos aqui e faça as mudanças necessárias.

Gostou do conteúdo? Então, siga nossos perfis no Facebook, no Instagram e no LinkedIn, e não perca outras dicas importantes!

Você também pode gostar

Deixe um comentário