O que mudou no setor de tecnologia durante a pandemia? Veja!

6 minutos para ler

No meio corporativo, o uso da tecnologia durante a pandemia da Covid-19 trouxe novos desafios para os gestores de TI. Agora, profissionais precisam lidar com fatores de risco que, até então, não eram a realidade de vários negócios. Além disso, há a necessidade de se adaptar rapidamente a rotinas de trabalho remoto.

Para garantir a eficiência nesse processo, há uma série de cuidados que precisam ser tomados. O gestor precisa se planejar para evitar riscos de segurança e manter a disponibilidade da infraestrutura. Desse modo, o negócio poderá aproveitar os benefícios de uma rotina operacional mais flexível e garantir um bom fluxo de receitas em médio e longo prazo.

A seguir, vou mostrar para você como a Covid-19 está mudando o ambiente de trabalho do setor de TI!

Aumento do trabalho remoto

O maior impacto que a Covid-19 trouxe para a economia mundial é o incentivo para que negócios adotem o trabalho remoto. Com as medidas de distanciamento social, companhias que desejam manter parte das suas operações precisaram migrar para esse modelo.

Mas, apesar das diferenças do trabalho presencial, o home office não deve ser visto como algo ruim. Por não terem que se movimentar entre a sua casa e o seu trabalho, os profissionais podem conseguir apresentar um desempenho melhor.

O estresse cairá com a redução do trânsito enfrentado diariamente. Ao mesmo tempo, por dormir mais, todos conseguirão começar a trabalhar mais descansados e com melhor humor.

Necessidade de infraestrutura mais preparada para lidar com o uso intensivo da rede

Se a empresa pretende manter a performance operacional enquanto as medidas de distanciamento social se mantêm ativas, ter uma infraestrutura preparada é crucial, pois boa parte das atividades dependerá dela. Ela deverá lidar com um número maior de acessos externos, sem que isso comprometa a disponibilidade e o desempenho dos serviços.

Uma boa forma de contornar esse desafio é adotando o cloud computing. A computação em nuvem permite que negócios migrem os seus softwares para uma infraestrutura escalável, segura e de alta disponibilidade. Tudo isso com agilidade e um custo que corresponderá exatamente às demandas da empresa, ou seja, será muito mais preciso.

Novas preocupações de segurança

Quando a empresa migra para uma rotina de trabalho remoto, a segurança deve sempre ser uma das preocupações da gestão de TI. Os profissionais precisam se preparar para evitar que um número maior de fatores impacte a confiabilidade da infraestrutura.

Afinal, a capacidade de controlar pontos de risco cairá nos ambientes que não se planejarem corretamente. O uso de soluções de segurança deve ser disseminado.

Ao mesmo tempo, a companhia precisa preparar a equipe e a infraestrutura para o novo cenário. Isso incluirá medidas como:

  • otimização de ferramentas como o firewall da infraestrutura de rede para o novo cenário;
  • adoção de VPNs para as rotinas de trabalho remoto;
  • homologação de ferramentas para comunicação online e videoconferência que tenham bons recursos de segurança de dados;
  • integração de soluções de troca de arquivos que sejam seguras e com boas ferramentas de controle de acesso;
  • treinamento dos colaboradores para que eles evitem comportamentos de risco.

Uso de novas ferramentas de gestão de trabalho

O trabalho remoto durante a pandemia demanda uma nova visão para a gestão de prazos e performance operacional. O gestor precisa se preparar para garantir que quedas de produtividade sejam detectadas rapidamente. Ou seja, é necessário utilizar soluções de gestão do fluxo de trabalho de modo estratégico.

Por isso a empresa deve se apoiar em ferramentas que tornem mais fácil a distribuição de responsabilidades para todos os times. O gestor deve ter meios que facilitem a avaliação do que está sendo feito, o que foi executado e o que está pendente. Isso torna o trabalho da equipe mais alinhado com as demandas existentes e, ao mesmo tempo, reduz as chances de atrasos acontecerem.

Maior presença do outsourcing de equipamentos de TI

Muitas empresas investiram, ao longo dos anos, em uma infraestrutura de TI totalmente voltada para o trabalho local. Mas a tecnologia durante a pandemia da Covid-19 deve ser adaptada para um cenário mais flexível. Nesse contexto, o outsourcing de TI entra em cena.

A possibilidade de negócios alugarem equipamentos como notebooks facilita a adaptação para um cenário de alta mobilidade. A empresa terá acesso rápido a computadores de ponta e adaptados às suas necessidades. Assim, a migração para um fluxo de trabalho remoto será muito menos complicada.

Para fazer o investimento em equipamentos alugados com sucesso, alguns cuidados devem ser tomados. Entre os principais, podemos apontar:

  • conhecer exatamente as demandas da empresa;
  • avaliar o perfil do negócio a ser contratado;
  • verificar se a empresa tem um bom feedback de clientes;
  • validar processos de segurança e garantir que as normas de controle internas serão integradas ao software dos dispositivos alugados;
  • sempre adquirir equipamentos considerando o fluxo de trabalho dos funcionários e não necessariamente o menor custo de aquisição.

A área de tecnologia é uma das mais importantes da nossa economia. Hoje, ferramentas tecnológicas são utilizadas por todos os setores econômicos para aumentar os índices de inovação e qualidade. Isso não ocorre sem motivo: utilizar a TI reduz custos, melhora a integração entre profissionais e facilita o aumento de produtividade.

A Covid-19, porém, trouxe rápidas mudanças para o setor — equipes são, em muitos casos, obrigadas a trabalhar remotamente. Para que isso não afete a qualidade das entregas, é fundamental que os times estejam bem estruturados e com as soluções certas para executar as suas atividades básicas.

Por isso os líderes e profissionais de TI devem estar atentos para garantir que o uso da tecnologia durante a pandemia seja sempre acompanhado de um planejamento de ponta. Tomando o cuidado para prevenir riscos e evitar situações de queda de performance, a Covid-19 deixará de ser uma preocupação para a empresa. Afinal, todos os profissionais terão os recursos necessários para lidar com as demandas existentes da melhor forma possível.

Quer saber como um parceiro pode ajudar você a se adaptar a novos cenários? Então, fale conosco!

Você também pode gostar

Deixe um comentário